sábado, 31 de dezembro de 2011

E que venha 2012...

E isso tudo me fez lembrar que, há uns vinte dias, meu cunhado me enviou uma mensagem citando a profecia maia que reza que o mundo vai acabar em 2012 e me propôs o seguinte: fazer 2012 ser um ano incrível. Por quê? Porque talvez seja o último!

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Feliz Ano Velho || Leitura Crítica

Aos 20, um rapaz vai dar um mergulho estilo Tio Patinhas sem saber que o lago em questão tinha apenas meio metro de profundidade. Resultado? Quinta cervical quebrada. Tetraplégico.
O que esperar desse livro? Gargalhadas? Sim, com certeza!

A ideia de fazer uma Leitura Crítica sobre Feliz Ano Velho e programá-la para o dia 31 de dezembro partiu do meu irmãozinho Dê e ele somente acertou! Achei que seria um livro meio autoajuda para dar uma sacudida em todos nós e trazer um pensamento mais positivo para 2012. Mas me enganei trezentos e sessenta grausmente!

A única coisa que o autor pretende ensinar com esse livro é o seguinte: você não pode sair mergulhando em qualquer lugar só porque tem água, tem que saber a profundidade antes, ok?

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Resultado da promo Julieta Imortal

Oi, pessoas!

Ontem encerrou a promoção do livro Julieta Imortal e hoje eu já trouxe o resultado para deixar alguém feliz no Ano Novo.


O nome da ganhadora é:

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Listas || Os 7 melhores de 2011

Por que 7? Porque o blog é meu e eu gosto do número 7!
HAHAHAHAHA, xD

Talvez a lista não seja lá muuuito interessante porque em 2011 eu li pouquíssimos livros por causa do vestibular, mas 2012 promete!


7º: A menina que não sabia ler, John Harding, Leya.

Gostei demais desse livro, do mistério, do jeito que o autor escreveu, do enredo e do quanto ele exige do leitor para que haja uma total compreensão de tudo que acontece na cabeça de Florence ;) Não é um livro 'ler por ler', tem muita coisa escondida nas entrelinhas, e está tudo incrivelmente amarrado.

O título tem muito pouco a ver com a história (o original é Florence and Giles), mas essa capa é perfeita, né?!

Clique: Leitura Crítica.



6º: O filósofo e o imperador, Annabel Lyon, Leya

Uma das maiores surpresas que eu tive no ano! Comprei porque já havia lido a trilogia Aléxandros e tinha uma promoção legalzinha no submarino.

Devorei o livro, amei!

Sem falar que a capa é muito inteligente!!

Clique: Leitura Crítica.



5º: Feliz ano velho, Marcelo Rubens Paiva, Objetiva

A Leitura Crítica desse livro sai em breve J e eu só posso dizer que amei, amei e amei.

O livro é muito engraçado (Muito engraçado) apesar de falar de algo tão trágico.

O único problema é que eu li emprestado, então é +1 para aquela velha lista... Desejados! hahahaha.





4º: O sonho de Olympias, Valerio Massimo Manfredi, Rocco.

Escolhi este livro para representar a trilogia Aléxandros que é maravilhosa!!

Ganhei do meu namorado e foi um dos poucos livros que li no primeiro semestre de 2011.

Aléxandros é uma biografia romanceada de Alexandre, o Grande.

Recomendo!

domingo, 25 de dezembro de 2011

Trecho de Livro

Foi o nascimento de um cara incrível, de um revolucionário que lembrou às pessoas que, acima do poder, o amor e a felicidade são mais importantes. E que poderemos construir um mundo melhor.

Marcelo Rubens Paiva em Feliz Ano Velho

sábado, 24 de dezembro de 2011

Um Conto de Natal || Leitura Crítica

Quem nunca assistiu alguma adaptação de Um Conto de Natal de Charles Dickens levante os braços _o_ Ainda bem, né?!
Um dos maiores clássicos universais, um dos mais simples e mais profundos (se você acredita no Natal, é lógico).
O livro é bem curtinho e eu só demorei a ler porque tinha outras coisas em mente (provas de química, por exemplo).
Talvez nós sejamos diferentes de Scrooge porque não ignoramos o Natal, mas em essência somos iguais: banalizamos o Natal. Estou exagerando? Pergunte a uma criança o que não pode faltar no Natal. As prováveis respostas serão: árvore enfeitada, luzes piscando, presente, papai Noel. Tá, ok. Cadê o nascimento de Jesus?

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

O Segredo de Brokeback Mountain || Leitura Crítica


Não precisei nem de uma hora para ler O Segredo de Brokeback Mountain.
O livro é curto e objetivo; 
A autora não perde tempo com descrições ou narrativas paralelas que sejam desnecessárias e não há entrelinhas, a história é o que é, ponto.
Jack Twist e Ennis del Mar passam um período trabalhando juntos cuidando de ovelhas na montanha Brokeback, daí eles se 'apaixonam' e começam a manter relações sexuais. Após a temporada de trabalho, cada um segue sua vida e só se reencontram quatro anos depois. Jack casado e com um bebê e Ennis também casado e com duas filhas. A paixão continua acesa, mas as dificuldades vão afastando os dois.

Eu não tenho muuuuito o que dizer até porque este é apenas um pequeno conto da coletânea Close range de Annie Proulx.
Annie fala sobre o homossexualismo sem dificuldades ou preconceitos. E, sinceramente, recomendo o livro por ser uma leitura rápida e leve, apesar da profundidade emocional abordada.

O filme é bem mais extenso, mas é fiel ao livro! 
Acredito que, no filme, os detalhes das coisas que ficam subentendidas no livro, são explorados com maior detalhamento.

|| Informações:
O Segredo de Brokeback Mountain
Annie Proulx
Tradução de Adalgisa Campos da Silva
Editora Intrínseca
72 páginas

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Resultado da promo Ainda não te disse nada

Oi (:

Hoje tem o tão esperado resultado da promoção do livro Ainda não te disse nada do autor parceiro Maurício Gomyde.
A promoção foi lançada neste post aqui, então vocês podem dar uma conferida nas regras!

O nome do ganhador é:

sábado, 17 de dezembro de 2011

Um Homem de Sorte || Leitura Crítica + Promoção

Nicholas Sparks resgatou sua boa imagem comigo com Um Homem de Sorte.
Todos vocês sabem que os livros do tio Nic são parecidos e isso os torna um pouco chatos depois de um tempo, mas este é um livro completamente diferente!
Em Um Homem de Sorte a guerra é o ponto de partida.

Thibault, um Fuzileiro Naval, encontrou uma fotografia de uma mulher no chão do Kuwait e guardou essa foto consigo. Após enfrentar diversas situações perigosas e sair ileso de todas elas, seu amigo Victor começa a defender a teoria de que a foto funciona como um amuleto e, desde então, ele não se separa da foto.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Trecho de Livro

You pierce my soul. I am half agony, half hope. Tell me not that I am too late, that such precious feelings are gone for ever. I offer myself to you again with a heart even more your own than when you almost broke it. Dare not say that man forgets sooner than woman, that his love has an earlier death. I have loved none but you. Unjust I may have been, weak and resentful I have been, but never inconstant. You alone have brought me to here. For you alone, I think and plan. Have you not seen this? Can you fail to have understood my wishes? 
  Jane Austen in Persuasion

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

O Retrato de Dorian Gray || Leitura Crítica


Um dos melhores clássicos que li no ano e claro que só podia ser da literatura inglesa (Oscar Wilde era irlandês).
Dorian Gray é um jovem rapaz que está posando para que seu amigo Basil Hallward faça uma pintura. No dia em que o seu retrato fica pronto, Dorian conhece Lorde Henry, um homem com opiniões bem formadas e argumentos bem fundamentados que, por meio do fascínio de suas palavras, consegue dominar Dorian. Nasce uma amizade intensa entre Dorian e Henry.
Após um tempo com seu retrato exposto em casa, Dorian percebe que começam a aparecer mudanças em sua imagem e, ao recordar-se de umas palavras ditas, compreende a situação e percebe que o retrato começa a envelhecer enquanto ele próprio permanece com a aparência jovem.

sábado, 10 de dezembro de 2011

Confissões de um turista profissional || Leitura Crítica


Lembra daquela viagem que você fez no verão passado? Foi linda, né?! Tudo perfeito, né?!  Não! O que Kiko Nogueira faz nesse livro é somente desconstruir toda a ilusão turística. Ele mostra o que você esconde quando volta de uma viagem e está com seus amigos olhando as fotos.
Cheio de sarcasmo e ironias, o livro é bem humorado, repleto de um humor bem debochado e vai arrancar bons sorrisos e alguns ‘é verdade!’ de muitas pessoas.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Corações em Fase Terminal || Leitura Crítica

Li Corações Em Fase Terminal de uma sentada só e estou enxugando as lágrimas e pensando no que dizer para expressar como esse livro mexeu comigo. Quero aproveitar o êxtase do momento!

Cátia é uma jovem que teve uma vida repleta de amor e carinho, entretanto perdeu-se no caminho das drogas e dos vícios, afastando-se da família e do bem. Junto a ela, está Lorena, que também decidiu trilhar caminhos errados. Num dia, após ter chegado em casa bêbada e drogada, discutiu com os pais, foi para seu quarto, “caiu” na cama e algo aconteceu.
Cátia acordou num quarto frio, vazio e cinzento, ela tinha apenas um vestido dourado, um espelho que refletia uma imagem pavorosa de si e uma caixa com seu nome inscrito e seu coração dentro, cheio de manchas.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Persuasão || Leitura Crítica

Depois de um tempo sem resenhar clássicos (o que é muito estranho no amor por clássico), hoje eu trago uma obra de Jane Austen.

Persuasão conta a história de uma família que precisa mudar de casa porque as finanças estão apertadas... Anne Elliot não vai de imediato para o novo lar com seu pai e sua irmã Elizabeth porque é mais conveniente que ela fique na casa de sua irmã mais nova, Mary (que é a única casada) e de lady Russel (uma senhora que tem muito apreço por Anne).

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Julieta Imortal || Leitura Crítica + Promoção

Bom, se você tiver um tempo suficiente para ler Julieta Imortal, vai sentar e levantar e pronto: livro acabado.
A Stacey Jay soube conduzir uma boa trama, com doses de suspense e amor bem equilibradas, embora o livro seja extremamente confuso no começo.

Após terem se casado, Romeu assassinou Julieta induzido por um Mercenário acreditando que assim conquistaria a imortalidade. Ele se tornou um imortal e Julieta também! Ela é uma Embaixadora da Luz. Mercenários e Embaixadores da Luz são “equipes” inimigas. Enquanto os Mercenários sacrificam a vida das almas gêmeas, os Embaixadores procuram unir estas almas gêmeas.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Como Treinar o Seu Dragão || Leitura Crítica


No primeiro volume da série, conhecemos Soluço, um garoto comum que precisa aprender a ser um herói viking junto a alguns colegas da tribo, Perna-de-Peixe, Bafoca de Maluquício, Melequento e outros!

Sua primeira aventura é capturar um dragão e domesticá-lo. Mas seu amigo Perna-de-Peixe (outro menino comum, cheio de alergias) não consegue apanhar um dragão para si, então Soluço cede o seu dragão para o companheiro e ficou com um pequeníssimo dragão comum sem dentes: Banguela!

PAROU! Viu? Já começa daí a beleza do livro, estamos falando de AMIZADE, uma coisa muito preciosa!

Soluço precisa ensinar Banguela a atender alguns comandos básicos (fica, senta, pega, vai, deita, rola), mas ele não utiliza o método do guia “Como Treinar o Seu Dragão” que apenas sugere que se grite com o dragão e decide inovar usando de educação para treinar Banguela.

PAROU! Viram bem, crianças? EDUCAÇÃO! Gentileza! Respeitar para ser respeitado.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

O Labirinto do Fauno || Filme para Variar

O LABIRINTO DO FAUNO

Ficha Técnica
Título Original:
 El Laberinto del Fauno
Duração: 112 minutos
Gênero: Drama, Fantasia, Suspense e Terror (Eu achei tudo isso!)
País/Ano: Espanha/México/2006
Direção: Guillhermo Del Toro
Roteiro: Guillermo Del Toro
Elenco Principal: Ivana Baquero (Ofelia), Doug Jones (Fauno e o homem pálido), Sergí López (Capitão Vidal), Adiadna Gil (Carmen), Maribel Verdú (Mercedes).



Escolhi um filme denso para começar aqui, hein? Mas é um filme bonito e inteligente!


Pesquisei e descobri que mesmo tendo um nome familiar, este foi o único filme do cineasta Guillermo Del Toro que eu assisti.

O Labirinto do Fauno conta (isso mesmo! Ele é narrado pelo Fauno) a história de Ofelia (Ivana Baquero), uma menina que gosta de ler e está indo com sua mãe grávida - Carmen (Ariadna Gil) - morar com o padrasto numa casa do interior.
Seu padrasto, Vidal (Sergi Lopez) é um Capitão do Exército Franquista (um homem sádico, daquele que - com próprias palavras do filme - obedece sem pensar) e luta constantemente contra da guerrilha do movimento republicano.


sábado, 26 de novembro de 2011

Novidades Aqui

Gente, vou começar a inibir a numeração dos posts, ok?

Hoje tem um vídeo legal cheio de coisas legais, e todo mundo que assistir e comentar algo relacionado ao vídeo, vai ganhar pontos extras nas próximas promoções #dica
Ah, esta semana vou tentar colocar uma página aqui explicando as Políticas do Blog (parceria e promoções).



sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Concurso Cultural Julieta Imortal - Novo Conceito

"Se você pudesse expressar um sentimento único, qual seria e por quê?"

Essa é a pergunta que vai te dar a chance de ganhar um jantar romântico ou um relicário personalizado do livro Julieta Imortal!

Quer participar? Então é o seguinte: basta enviar uma carta respondendo a pergunta. Use toda a sua imaginação e criatividade!!



Mais Informações em REGULAMENTO

Ps.: Logo tem resenha e promoção do livro aqui, aguardem ;)

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

As Crônicas da Terra do Lago: O Primeiro Ministro

Gosto de tramas fantásticas que se desenvolvem em outro mundo e é isso que Iracy fez: ela criou outro universo onde o Rei Darel, após perder sua esposa durante o nascimento de sua filha, se vê diante de uma invasão do inimigo Magnus.
Sem opções, ele confia ao seu primeiro ministro Quíron a missão de proteger sua filha Diana em algum lugar distante. Então eles partem: Quíron, Diana e Selene.
Selene é filha de Quíron, uma jovem de quinze anos, que sofre por ser forçada a se dedicar ao reino da Terra do Lago.
O rei Darel perde seu trono e a vida, mas o povo mantém as esperanças pois a princesa ainda está viva.
Já escondidas em uma caverna na floresta, Selene recebe em sonho a visita de um mago. Gabriel já foi mestre de Quíron e pretende levá-la consigo para ensinar-lhe todas as tradições da magia.
Selene precisa pensar em si, no pai, na princesa e em todo o reino; sabe que está diante de um desafio importante e precisa decidir se aceita a missão de passar um tempo em Alvendir, aprendendo com o mago.

sábado, 19 de novembro de 2011

Ainda Não Te Disse Nada || Leitura Crítica



Tenho certeza que foi o destino que colocou o livro do Maurício em minhas mãos! 
E está na lista dos favoritos!
Todo o enredo do livro é baseado em fatos corriqueiros, coisas que todas nós, mulheres, de qualquer idade, entendemos. Sei que cada uma de vocês que pegar este livro nas mãos vai dar boas gargalhadas e pensar naquele amor impossível que viveu (ou vive, ou viverá) ainda na adolescência ou adulta ou já idosa, HAHA.
O Maurício é fantástico (digo isso principalmente porque a história não tem nada de fantasioso) ao escrever o que uma mulher pensa, sente ou diz. Muitas daquelas palavras, eu disse! Você disse! Muitos daqueles sentimentos, eu vivi! Eu vivo!
Eu não sei se sou capaz de escrever uma resenha para o livro, normalmente costumo dar minha opinião sem contar a história (por isso Leitura Crítica), mas vou tentar!
Antes quero dizer que o Maurício escreve muito bem e que o destino batizou de Milena uma personagem que já viveu... eu  ia soltar uns spoilers agora, risos.


sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Livros Nacionais

Andei vendo alguns posts sobre listas e algumas listas e decidi organizar umas coisas legais por aqui. Eu sou fanática por listas! Nada me deixa tão calma e distraída quanto um papel com linhas e uma caneta.

Nesta primeira lista, vou enumerar os quatro livros nacionais que eu mais gostei (sem contar com os clássicos e os lançamentos) e não vai ser em ordem de preferência!


|| A MÁQUINA de Adriana Falcão, editora Objetiva ||

Este livro fala sobre o amor de Antônio e Karina. Se passa na cidade de Nordestina, uma cidadezinha que nem tem o nome no mapa.
Um dia, Karina decide ir embora porque quer conhecer o mundo, então Antonio para não perder seu amor, decide ir buscar o mundo para Karina. Estranho, não? Pois é, uma façanha digna do maior amor do mundo!

O livro foi adaptado para o cinema e eu também recomendo demais o filme, que é super romântico e (estranhem) é mais completo que o livro!

A Adriana Falcão é, entre outras coisas, roteirista de A Grande Família.



quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Diário de Uma Paixão || Leitura Crítica

Gosto de enfatizar por aqui que sou paciente e sempre dou uma nova oportunidade a tudo porque acredito que as coisas podem melhorar.  Assisti o filme há alguns anos e foi por isso que decidi ler o livro e não me arrependi.

Noah e Allie se conhecem e passam um verão maravilhoso juntos na cidade de Nova Berna, mas eles têm classes sociais diferentes e por isso ficam separados durante 14 anos. 
Neste período Noah escreve cartas para Allie e nunca recebe resposta, muda-se de Nova Berna, trabalha com um judeu que lhe tem muito apreço, vai para a guerra, recebe uma herança na ocasião da morte do judeu, volta a Nova Berna, compra uma casa e decide empregar todo o seu tempo na reforma desta casa.
Allie forma-se em Artes Plásticas, participa de chás beneficentes e namora com Lon. A três semanas do casamento, Allie vê no jornal uma foto de Noah e a casa reformada e decide procurá-lo.
Eles se reencontram, mas suas vidas estão mudadas.

Senti muitas coisas durante a leitura. Raiva porque Allie amava Lon e uma mágoa quando ela mostrou que estava em dúvida. Senti raiva porque Noah passou de tudo isso, senti muita raiva de mim.
Por muitos momentos olhei para Allie pelos olhos de um Noah já idoso, mas muito apaixonado e tentei dizer que  "por mais que hoje você esteja me fazendo sofrer, você sempre me fez feliz e é por isso que não desisto de você".
Amor: algo que nos faz passar por cima dos nossos próprios limites.

E, por ser mais um livro do autor Nicholas Sparks, não podemos deixar de perceber as características que são identidades do autor: a influência do pai na formação do caráter do Noah; as cartas românticas; um motivo que separa os personagens principais e põe seu amor à prova; neste livro senti menos a presença de Deus guiando as atitudes dos personagens, mas os milagres acontecem em todos os momentos.
Eu acredito em milagres, talvez não deste jeito expresso no livro, mas acho fascinante duas pessoas distintas se encontrarem, se conhecerem, deixarem surgir um sentimento singular. Amor é um milagre.

|| Informações:
Diário de Uma Paixão
Nicholas Sparks
Tradução de Renato Marques de Oliveira
Editora Novo Conceito
242

|| Observações:
Jan, obrigada pelos 15!

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Promoção AINDA NÃO TE DISSE NADA

Oi (:


Hoje eu trouxe uma promoção bem legal para o blog!
De parceria, amor por clássico  vai presentear o livro “AINDA NÃO TE DISSE NADA”, lançamento do autor Maurício Gomyde.

Nesta promoção eu não vou sortear o livro, quem quiser participar, vai preencher o formulário e, de acordo com as respostas, receberá uma pontuação. O participante que fizer mais pontos ganha o livro!

E não é só isso: por participar desta promoção, você pode concorrer a um Ipad2!!
O Ipad2 será sorteado pelo autor Maurício Gomyde, quem quiser concorrer precisa, além de participar desta promoção, CLICAR AQUI e informar seu nome, email e o nome deste blog.


|| As regras obrigatórias são:

- Morar no Brasil
- Seguir o  amor por clássico
- Seguir o twitter do autor Maurício Gomyde @mauriciogomyde
- Curtir a página do autor Maurício Gomyde facebook/mauriciogomyde
- Preencher corretamente o formulário.


|| Para acumular pontos você precisa:

-Estar concorrendo ao Ipad2 (AQUI) – Vale 2 pontos
-Participar desta promoção em outros blogs – Cada blog vale 1 ponto (máx. 10)
-Cutir o   amor por clássico   no facebook (AQUI) – Vale 3 pontos
-Adicionar os livros do Maurício Gomyde na sua estante do skoob – Cada livro vale 1 ponto
-Comentar nas Leituras Críticas do   amor por clássico   – Cada comentário vale 3 pontos (máx. 10)
Serão válidos comentários antes ou depois de ter começado a promoção. Não serão considerados comentários com menos de 10 palavras, as palavras 'legal' e 'gostei', propaganda e assinatura serão desconsideradas.
-E quem já seguia o   amor por clássico   antes da promoção ganha também 2 pontos.

FORMULÁRIO

ATENÇÃO: você só deve preencher o formulário uma vez! O fato de você atender um item que vale 2 pontos não significa que você deve preencher o formulário mais duas vezes. Fui clara?

|| Informações adicionais:
- Promoção em vigor até o dia 18 de dezembro.
- O resultado da promoção do livro sai no dia 20 de dezembro.
- O ganhador terá quatro dias para responder o email de contato.
- Em caso de empate, será realizado um sorteio pelo site random.org
- O Ipad2 será sorteado pelo autor Maurício Gomyde, pelo site random.org, no dia 15 de janeiro de 2012, deixando o amor por clássico isento de qualquer responsabilidade.
- Você pode comprar livros do Maurício Gomyde nesta página: loja virtual.
- O envio do livro será feito por mim em até quatro dias úteis após a resposta do ganhador.
- As pontuações não serão divulgadas.
- O participante poderá esclarecer qualquer dúvida em contato.

Novidades Aqui

Oizinho (:

Hoje (que era para ter sido ontem) trouxe um vídeo suuper curtinho, mas assistam por favor e comentemmm.


Eu disse que ia ser bem rapidinho, né?

|| Livros citados:
O Ateneu, Raul Pompeia.
Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, J. K. Rowling
Harry Potter e o Cálice de Fogo, J. K. Rowling

|| Agradecimentos:
Camila
Tia Ana, amo você!

sábado, 12 de novembro de 2011

Trecho de Livro

Dear John,
There's so much I want to say to you, but I'm not sure where I should begin. Should I start by telling you that I love you? Or that the days I've spent with you have been the happiest in my life? Or that in the short time I've known you, I've come to believe that we were meant to be together?

Nicholas Sparks in Dear Jhon

|| Tradução: Querido John,  
Há tanta coisa que quero dizer para você, mas não tenho certeza por onde devo começar. Devo começar dizendo que te amo? Ou que os dias que passei com você foram os mais felizes  da minha vida? Ou que, no curto espaço de tempo que nos  conhecemos, passei a acreditar que  fomos feitos um para o outro?
[Edição brasileira pela Editora Novo Conceito]

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Parcerias!

amor por clássico continua crescendo :) e hoje eu trouxe três novas parcerias...

A primeira foi com o autor Maurício Gomyde.

Nasceu em São Paulo, capital. É escritor, baterista, compositor. ex-estudante de cinema (Engenharia Mecânica e Ciências da Computação).

Autor do livro O Mundo de Vidro (que já tem sua terceira edição esgotada o/)

Está lançando Ainda não te disse nada.

Conheça o blog do autor.




A segunda foi com a autora Iracy Araújo.

Médica pediatra, nasceu em Pernambuco e mora no Recife desde criança. Trabalha no Hospital Universitário da Universidade de Pernambuco. 

Escreve poesias desde a adolescência e também escreve contos e crônicas. 

As crônicas da Terra do Lago: O primeiro ministro é o primeiro livro da autora, lançado pela Editora Novo Século.

Conheça o blog da autora.




E, por último, a Editora Novo Conceito :D

Fundada em 2004, desenvolve publicações de qualidade, afinadas com os acontecimentos atuais do mundo globalizado e está entre as listas dos livros mais vendidos do Brasil.

Atualmente, a Editora apresenta um portfólio com mais de 200 livros entre lançamentos internacionais e nacionais, e vem apontando tendências nas áreas de negócios, empreendedorismo, literatura, comportamento, atualidades, biografias, medicina e saúde. (Fonte: site da Editora)

Conheça o site da editora.


||Agradecimentos:
Ao autor Maurício Gomyde que foi super ágil e simpático; a autora Iracy Araújo que, além de simpática, foi muuuito paciente comigo! E ao pessoal da Novo Conceito!
E, principalmente, a minha mãe que tem me incentivado de uma forma surpreendente.

||Observações:
Este post foi organizado em ordem cronológica de confirmação de parcerias!

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Abandonei: O Ateneu

Não é nenhuma novidade para ninguém se eu disser aqui que O Ateneu é um relato autobiográfico do autor Raul Pompéia dos anos que estudou num internato, né?
Primeiro quero falar do nome do autor, afinal Pompéia é igual a ideia, que de acordo com o Novo Acordo Ortográfico perdeu o acento agudo, mas eu acho que Pompéia não perdeu seu acento por ser um nome próprio. Alguém aí pode tirar minha dúvida?
Eu nem sei dizer se gostei ou não d’O Ateneu, vou tentar ser neutra.
O livro é cansativo. Com certeza um dos clássicos mais cansativos que já li chegando ao patamar d’Os Sofrimentos do Jovem Werther e perdendo para A Arte da Guerra.
O livro narrado em primeira pessoa fala das experiências de Sérgio ao ser matriculado no colégio Ateneu e também fala muito de Aristarco, o diretor do colégio. Pronto. Fim de resenha!
Pois bem, é isso. O livro não segue uma ordem de fatos contando uma história com um ápice e desfecho, são lembranças organizadas em ordem cronológica, os capítulos são longos e sem títulos, acabou perdendo muitos pontos comigo!
Comecei a me achar uma má crítica porque os bons críticos amam este livro e acham-no um ‘super clássico’ e eu só achei um ‘ok, clássico’.
É um livro narrado em primeira pessoa [isso, isso, daqueles que quer empurrar a força uma ideia no leitor], o Sérgio – narrador-personagem principal – é muito observador e crítico, faz uma análise psicológica profunda em cada um dos seus colegas e também descrições demasiadamente detalhadas a respeito de tudo!
Não é um clássico que recomendo, ok?
Para não ficar só esse texto pobrinho, achei interessante este breve comentário sobre autor e obra:

Abolicionista e republicano convicto, Raul Pompeia viveu justamente no período que compreendeu os últimos anos da Monarquia, da escravidão e o início da República, em 1889. Para os críticos literários, a obra retratou o momento social e político que o país atravessava. O diretor com seu estilo autoritário e narcisista, representava o Imperador. O internato era um microcosmo da sociedade brasileira com suas mazelas e falsidades. (Fonte: Notas sobre O Ateneu, Raul Pompeia, Ed. Avenida)

Conto o final? O Ateneu pega fogo.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Parceria Martin Claret =D

Se você está lendo esta postagem, deve ter percebido que eu AMO clássicos, então hoje eu recebi um email do Julio Talhari, da Martin Claret, aceitando minha proposta de parceria e eu estava saltitando como uma cabrita de felicidade até que eu decidi compartilhar esta novidade com vocês!

Eu vou falar sobre a editora mais tecnicamente, mas antes quero dizer porque essa parceria é importante para mim: quando eu era mais nova, eu lia clássicos adaptados porque é mais fácil encontrá-los e eles são mais baratos. Depois, eu comecei a me interessar pelo texto integral e procurar um clássico nacional é muito simples, qualquer editora tem um selo para clássicos nacionais, tem barato, tem caro, tem bonito, tem feio, tem diversas opções para o leitor, mas quando o assunto é clássico estrangeiro... surgem as limitações porque é difícil encontrar o texto integral, é difícil encontrar com o preço acessível. E eu estou fazendo esse desabafo/propaganda porque meus clássicos são Martin Claret e porque a Martin Claret tem livros com texto integral e bem acessíveis ;)

A primeira resenha do amor por clássico foi de um livro Martin Claret (O Corcunda de Notre Dame)

Sobre a Editora Martin Claret:


A Editora Martin Claret foi fundada em São Paulo, no início da década de 1970, pelo empresário, editor e jornalista gaúcho Martin Claret, para publicar, em um primeiro momento, as obras do filósofo e educador brasileiro Huberto Rohden, autor mundialmente conhecido de mais de 65 obras sobre filosofia, religião, ciência e educação.
Hoje, a Editora possui aproximadamente 500 títulos em catálogo, de obras-primas da literatura universal, de filosofia, direito, política, sociologia e religião. É uma empresa editorial altamente diferenciada, operando em nichos criados pela própria empresa.
Outra inovação da Editora foi o livro-pocket com alta qualidade gráfica, a preços acessíveis, com a coleção A Obra-Prima de Cada Autor, cuja proposta é de 500 títulos, dos quais a editora já publicou 300 volumes. Grande parte desses títulos são recomendados ou adotados em escolas, faculdades e vestibulares. (Fonte: site da Editora)


Blog / Site 


E para mostrar alguns títulos que a editora já publicou, escolhi alguns que eu já tenho...




quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Trecho de Livro || 06


[Ele estava tentando usar o computador para fazer umas pesquisas, mas a internet não estava funcionando]
 Depois de meses de desgaste físico e psicológico, aceito que a tecnologia é mais forte e mais poderosa do que eu: trabalha quando quiser e, se não estiver com vontade, melhor ler um jornal, dar um passeio, esperar que mude o humor dos cabos, das ligações telefônicas e ela resolva funcionar novamente. Não sou seu dono, descobri que tem vida própria.

O Zahir, Paulo Coelho

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

O Zahir || Leitura Crítica

Todos vocês já devem ter tido algum encontro com um livro de Paulo Coelho e a grande maioria rejeitou o pobre coitado. Pois bem, leiam Paulo Coelho, vocês precisam conhecê-lo!

Juro que quando surgiu a proposta de ler O Zahir eu pensei em ler novamente a biografia de Paulo (O Mago, escrita pelo super Fernando Morais) só para postar um breve comentário sobre sua vida, mas me bateu aquela preguiça de reler seiscentas páginas só para escrever um parágrafo e tendo vários outros livros na fila de ‘vou ler’.
Eu não gostava de Paulo Coelho porque sou brasileira e, é claro, todo bom brasileiro deve repudiar todas as obras dele.
Comecei o livro e logo percebi que realmente seria desnecessário ler qualquer coisa sobre Paulo Coelho, afinal ele mesmo enche seus livros de trechos autobiográficos.
À medida que fui lendo, encontrei em mim opiniões contraditórias e muitos questionamentos. Até que ponto os fatos narrados por Coelho correspondem à realidade com Christina?

O livro começa contando a história de um escritor e sua esposa jornalista que desapareceu. Repleto de pretensões filosóficas e frases para facebook, Paulete fala sobre o início da sua carreira e as dificuldades que enfrentou, faz uma crítica ao catolicismo e aos trilhos de trem, e mostra que, apesar de amar alguém, muitas vezes estamos tão centrados em nós mesmo que nem percebemos que este alguém está se afastando por falta de espaço. Daí um dia amanhece e a pessoa não está mais ali. Só sinais estão e sempre estiveram presentes.
Supostamente trocado por um rapaz mais novo, ele precisa recomeçar sua vida e se envolve com uma atriz famosa, que começa a preencher o seu tempo, mas não o seu pensamento, que está tomado por sua ex-mulher, ela se tornou um Zahir (na tradição islâmica, significa alguém ou algo que domina o pensamento de alguém).
Numa tarde de autógrafos, ele encontra o rapaz que roubou sua esposa e ele se vê diante da possibilidade de encontrar as respostas que precisa para esquecer a ex-mulher e seguir sua vida em paz. O rapaz é um ser especial e precisa da sua ajuda para disseminar a Energia do Amor.
Bem espiritual como só o Paulo Coelho, hein? Acho que o tema central do livro é o casamento, mas não recomendo! Durante todo o texto, PC busca fazer uma reconstrução do conceito de casamento, mas eu vi como uma desconstrução.
Desculpem, eu sou religiosa antiquada e compreendo paixões paralelas e casos extra conjugais como traições! E, não só nos laços matrimoniais, mas em qualquer relação afetiva, seja ela familiar ou profissional, uma traição é falta de respeito e amor.
No final fiquei mais chocada ainda com o absurdo!

Depois vou procurar O Alquimista para ler e dar uma nova chance ao autor, mas agora já posso dizer que não gosto do Paulo Coelho de uma forma justificada!

||Informações:
O Zahir
Paulo Coelho
Editora Gold
254 páginas

||Recadinhos:
-Se alguém se interessar em trocar este livro, comenta, ok?
-Tia Ana, obrigada pelo livro!!

domingo, 30 de outubro de 2011

Novidades Aqui || 06

Oi, tudo belezinha?
Hoje eu trouxe o segundo vídeo do blog =D
Vou tentar fazer a seção Novidades Aqui em vídeos daqui para frente e vou postar de 15 em 15 dias.
Assistam:



||Livros Citados:
Pedagogia do Amor - Gabriel Chalita, Gente
Comer, Rezar, Amar - Elizabeth Gilbert, Objetiva
Eragon - Christopher Paolini, Rocco
O Zahir - Paulo Coelho, Gold (Amanhã tem Leitura Crítica!!)

||Clique:
Livra Livro
Leitura Crítica - Dom Casmurro
Novidades Aqui #05

|| Agradecimentos:
Tia Aninha - beijos e mais beijos, amo você!

domingo, 23 de outubro de 2011

Dom Casmurro


“Machado de Assis é um exemplo. Tinha tudo para dar errado e não deu”
Pe. Fábio de Melo em Cartas Entre Amigos – sobre ganhar e perder

Dom Casmurro? Ah, mas todo mundo já conhece a história desse livro! Nem preciso dizer que esse é um clássico brasileiro de leitura obrigatória blá blá blá, né? Aliás, eu super recomendo!

Já ouvi, vi e li muitos comentários positivos e negativos a respeito dessa obra e fico decepcionada quando encontro alguém que não compreende a dimensão da importância de Machado de Assis e MAIS AINDA quando encontro alguém que nunca leu Machado de Assis.

Dependendo da circunstância em que ocorre a leitura, o livro pode ser agradável ou não. Concordo que diante da obrigação, encontramos um livro tedioso, uma linguagem antiga com vocábulos e referências desconhecidas: todos os ingredientes para deixar o livro perfeitamente cansativo e digno de abandono.

Entretanto, uma leitura iniciada espontaneamente pode gerar bons frutos... Claro que, na minha condição de apaixonada por clássicos e literatura brasileira, encontro em Machado de Assis um prato cheio.

Confesso que na primeira vez que li Dom Casmurro senti dificuldade para avançar nas páginas e achei que eram desnecessários aqueles capítulos pequenos. Hoje a releitura fluiu tranquilamente e percebi que os capítulos curtos tornam a leitura mais breve e fácil.

MAS... não é minha intenção dar uma aula de literatura aqui, ok?

Bentinho e Capitu cresceram vizinhos e tornaram-se amigos, entretanto a mãe de Bentinho, D. Glória pretende mandá-lo para o seminário em pagamento de uma promessa feita quando o menino nasceu.

A mãe de Bentinho é uma senhora viúva, cândida e em alguns momentos bastante ingênua. Católica, religiosa e fervorosa, perdeu o primeiro bebê e, na ocasião da gestação de Bentinho, ela prometeu que, se o menino nascesse, ela o faria padre.

Diante da possibilidade de ficarem longe um do outro, Capitu aconselha induz Bentinho a pedir a José Dias que este convença D. Glória a não mandar o menino para o seminário. José Dias não obtém total êxito, mas consegue impor a seguinte condição: se Bentinho tiver vocação, torna-se padre; e, no caso contrário, ele volta para casa e estuda Direito na Europa. O intuito de José Dias era acompanhar Bentinho à Europa.
José Dias é um agregado da família que aos poucos conquistou espaço e influência.
Bentinho e Capitu prometem que casar-se-ão [acreditem: se as pessoas entendessem, eu falaria assim!] um com o outro, trocam o primeiro beijo e Bentinho vai para o seminário.

Capitu é uma menina bonita – aos olhos de Bentinho – inteligente, esperta, perspicaz, dissimulada, esquiva e que tem o poder de persuadir e influenciar Bentinho a satisfazer todas as suas vontades. Ela é a mulher que todas nós queríamos ser.

Recluso, Bentinho torna-se amigo de Escobar – Ezequiel Escobar – um rapaz atraente que cativa toda a família de Bentinho. Um ano depois, ambos saem do seminário. Escobar para dedicar-se ao comércio e Bentinho para estudar as leis, contudo sem ir para a Europa.

Escobar casa-se com Sancha e eles logo têm um bebê. Bentinho e Capitu casam-se, o bebê tão desejado demora um pouco, mas vem saudável e cheio de energia.

O menino recebe o nome do amigo de Bentinho e vai crescendo com o hábito de imitar os outros, até que Bentinho percebe que ele se parece muito com o próprio Escobar no jeito de andar, falar etc.

Tá, não foi uma das melhores resenhas sobre Dom Casmurro, mas este é um livro rico em detalhes que merece uma tarde inteira para ser contado e discutido e este post já está ficando muito extenso.

O livro tem vários personagens, tio Cosme, prima Justina, Pádua, protonotário Cabral, Sancha e outros que preenchem o segundo plano da história, mas Bentinho – ou Machado de Assis – não deixa de dar um olhar crítico e analítico sobre cada um deles.

Machado de Assis criou uma polêmica em torno deste enredo e levou a resposta do mistério consigo para o túmulo, afinal, Capitu traiu ou não traiu Bentinho?

É preciso ler, reler e treler este livro para tentar criar uma opinião e sempre vai existir alguém com bons argumentos para discordar.

O que eu mais queria desde o momento que comecei esta postagem é dizer que EU ACREDITO QUE CAPITU NÃO TRAIU BENTINHO e eu até estava querendo argumentar, mas... não quero influenciar ninguém com minha opinião, só acho que homens ciumentos tendem a inventar coisas em suas cabeças férteis.

Enfim, este é o mesmo caso de ponto de vista que citei no livro A menina que não sabia ler, o narrador personagem acredita em uma coisa e usa todo o livro para convencer o leitor que a visão dele sobre os fatos é a correta.
Obrigada!